CERA

Sabia que...

 

... a cera é um produto da secreção de 8 glândulas situadas no abdómen da abelha operária. Estas glândulas ficam ativas entre o 13º e 18º dia de vida da abelha, elas necessitam de consumir 6 a 7kg de mel para segregar 1 kg de cera. A cera é uma substância oleosa, que se solidifica em forma de lâminas delgadas, quase transparentes, que a abelha operária desprende do seu corpo com auxílio das patas posteriores para leva-la até as suas mandíbulas. Em seguida a cera é amassada e triturada com outras secreções próprias das abelhas, antes de ser depositada no favo em construção.



... no seu estado natural a cera nova é de cor branca, porém com o tempo colora rapidamente por causa do mel, pólen e própolis que as abelhas acumulam nos favos. As propriedades da cera de abelha estão diretamente vinculadas com a sua qualidade física e com a sua composição química, esta é utilizada para cuidar da pele delicada, especialmente quando está seca e desvitalizada. Limpa a epiderme, suaviza e nutre a derme, prevenindo o envelhecimento cutâneo. A cera de abelha também é utilizada para produção de cera depilatória. A depilação a quente feita com cera de abelha auxilia na dilatação dos poros facilitando a extração do pelo por inteiro, enfraquecendo-o e retardando o seu crescimento. Além de deixar uma pele macia a depilação com cera quente não provoca alergia nem os ferimentos normalmente causados pelo uso de lâminas.



... em dermatologia é muito apreciada devido às suas qualidades cicatrizantes e antiflamatória. Também é empregada em forma de pomada para o tratamento de abcessos, queimaduras, escaras, etc.



... na indústria a cera é usada para polimento de metais e madeiras, como isolador de bobinas, na galvanoplastia, na fotografia, na pirotécnica e ainda para impermeabilizar panos e papéis.



... na fabricação de velas litúrgicas e ornamentais é a principal matéria prima, permitindo a cópia de figuras perfeitas mediante o uso de moldes.